Jovem morre asfixiada fazendo amor

Tania teria pedido “transa hardcore” e sufocamento.

Jovem morre asfixiada fazendo amor
Homem confessou crime e está detido (Foto: Reprodução Facebook)

Tania Trindad Paredes, uma jovem psicóloga de 23 anos, foi encontrada morta na Cidade do México, com sinais de sufocamento após sexo. De acordo com investigações, ela teria sido estrangulada por seu colega de quarto, o jornalista Juan Javier Jonathan Ruiz Torres, 32 anos. A jovem vivia com Juan e José Arzate Martinez.

Segundo Juan, após noite regada a bebidas, Tania havia sugerido sexo a três com os dois amigos e José teria negado o pedido. Neste momento a jovem pediu uma “transa hardcore” a Juan.

Durante o sexo, ele teria dado tapas na cara de Tania e a sufocado com um cabo que estava ao lado da cama. Segundo ele, a jovem teria pedido que fosse sufocada. Juan havia afirmado à polícia que era inocente, mas depois assumiu a culpa, afirmando ter apertado o pescoço de Tania “forte demais”.

As investigações estão em andamento e Juan permanece detido.

Comente esta notícia


Newsletter Form

Seja o primeiro a saber as notícias, todos os dias!

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por buzztimes.com.br

Enviar